Quando o coração sente é Deus quem fala. Numa noite de inverno, enquanto o monge Joseph se preparava para dormir, um ruído misterioso na torre leste chamou sua atenção. Caminhou lentamente pelo mosteiro em busca de respostas e quando chegou à torre o silêncio se misturou com a escuridão. “Tem alguém aí? ”, perguntou o monge, mas não obteve resposta. 

Sentindo um vento suave próximo aos seus pés, indagou: “Notei que tem asas”. “Preciso delas para voar alto! ”, respondeu uma voz... Thiago Brado, uma das mentes mais criativas e geniais da nova geração de compositores, cria uma fábula inspiradora sobre perdão, fé e amor. Um encontro improvável, num mosteiro esquecido, entre o monge e a coruja, irá tocar seu coração e encher sua vida de esperança.

Deixe um comentário