"Só porque você consegue explicar não significa que não seja um milagre."

Religião é um assunto controverso em Discworld. Todo mundo tem sua própria opinião e até seus próprios deuses, que podem ser de todas as formas e tamanhos. Nesse ambiente tão competitivo, as divindades precisam marcar presença. E a melhor maneira de fazer isso certamente não é assumindo a forma de uma tartaruga. Nessas situações, você precisa, e rápido, de um assistente. De preferência alguém que não faça muitas perguntas...

"Esta sátira sobre a religião institucionalizada e corrompida sugere, com um humor ágil e intrigante, que o poder dos deuses talvez seja proporcional à crença de seus seguidores." - The Independent

"A inventividade espetacular de Terry Pratchett faz da série Discworld um prazer incessante na ficção moderna." - Mail on Sunday

A cientista Kate Philo e sua equipe em um projeto revolucionário de criogenia fazem uma descoberta impressionante no Ártico: o corpo de um homem enterrado no gelo. O ambicioso chefe do projeto ordena que o homem seja levado para o laboratório, em Boston, e reanimado — o que é feito com sucesso. À medida que o homem começa a recuperar a memória, a equipe descobre que ele foi — ou melhor, é — Jeremiah Rice, um juiz, e a última coisa de que ele se lembra é a queda no oceano Ártico em 1906. 

Unidos por circunstâncias além de seu controle, Kate e Jeremiah se tornam próximos. Mas o tempo está passando, e Jeremiah percebe que sua vida está mais uma vez em risco. Muito em breve Kate deverá decidir até onde está disposta a ir para proteger o homem que aprendeu a amar.

A curiosidade é um thriller emocionante, comovente e original que levanta questões perturbadoras sobre a natureza da vida e da humanidade.

A história do farmacêutico do campo da morte.

Quando vivia em Schässburg, na Transilvânia, Victor Capesius era farmacêutico e representante comercial dos produtos Bayer. Durante a guerra, foi recrutado para ocupar o prestigiado cargo de Oficial da SS como farmacêutico-chefe de Auschwitz do outono de 1943 até a evacuação do campo de concentração. Entre as suas atribuições constavam distribuir o gás utilizado nas câmaras de extermínio e selecionar os que iriam para a morte.

Certo dia, após a chegada de um trem de sua terra natal, Capesius identificou vários homens e mulheres, antigos vizinhos e conhecidos, que desembarcavam no principal campo de concentração do nazismo; pessoas que sequer imaginavam o massacre final que as aguardava. A sangue-frio, enviou muitos deles para as câmaras de gás e se apossou de seus objetos de valor. 

Por meio da investigação das relações entre os vários personagens que estiveram em Auschwitz – tanto as vítimas quanto agentes que trabalharam em prol do Holocausto –, Dieter Schlesak nos apresenta uma complexa colagem de narrativas, documentos e imagens do horror nazista. Capesius, o Farmacêutico de Auschwitz é uma obra comovente, inquietante, dada a intensidade de sua pujança linguística, carregada de autenticidade. 

Após sua estreia literária com O segredo do oratório, sucesso de público e crítica, Luize Valente volta a mergulhar, de maneira ainda mais surpreendente, na história de uma família de migrantes em Uma praça em Antuérpia. Com domínio da narrativa, que vai e volta do ano-novo de 2000 em Copacabana para os anos da eclosão da Segunda Guerra na Europa, Luize reconstitui a desgraça imposta pelo nazismo aos judeus, razão pela qual muitos deles viriam fazer a vida no Brasil. 

Reunindo sensibilidade pelo drama humano e extensa pesquisa histórica, Luize retrata a chaga do nazismo na miudeza do cotidiano, na intimidade das famílias alemães e europeias, com bárbaros desdobramentos em Portugal, no lar de Clarice e Olivia, de onde a narrativa parte para ganhar o mundo e o Brasil. Acompanhamos a fuga de Clarice e seu marido, o pianista judeu Theodor, por grande parte da Europa, sempre um passo à frente da perseguição nazista, fuga que leva parte da família a cruzar o oceano. Como se não bastasse essa narrativa de tirar o fôlego, Luize presenteia o leitor com um final emocionante e totalmente inesperado.

Ainda muito jovens, Arno e Sara se conhecem e rapidamente se apaixonam. Até que, numa tarde de verão, ela o deixa de forma inesperada. Dezesseis anos depois, no entanto, eles se reencontram e decidem se casar: são um casal alegre, se amam, parecem felizes. Arno se dedica por inteiro ao relacionamento e não entende as tristezas e as mentiras que começam a surgir no caminho deles. 

Certa manhã, porém, um evento inimaginável o obriga a se questionar sobre a pessoa com quem viveu por treze anos, a mulher que sempre amou. Temeroso, começa a seguir pistas de mágoas da juventude e paixões sufocadas e, com crescente pesar, encontra o fio da meada de histórias insuspeitáveis. 

Daria Bignardi dá voz a um extraordinário protagonista masculino, cujas palavras compõem, pouco a pouco, o retrato de uma mulher inquieta e vibrante. Um percurso em busca das verdades encobertas no íntimo de todo relacionamento, rumo ao coração sombrio que cada um de nós esconde até das pessoas amadas.

Aos dezenove anos, numa manhã da primavera de 1964, o narrador encontra o fotógrafo Francis Jansen. Ele trabalha em Paris para uma revista norte-americana, foi amigo de Robert Capa, encontrava-se com uma mulher chamada Colette Laurent que agora o procura incessantemente, guarda todas as suas fotos em três maletas, e desaparece sem deixar vestígios.

Homem evasivo e misterioso, Jansen faz parte da galeria de tipos que, como só Patrick Modiano é capaz de descrever, prefere o silêncio e as reticências às palavras. O narrador retorna a bairros afastados, tenta reencontrar pessoas perdidas, e busca romper a camada de silêncio e de amnésia ao seu redor. As silhuetas lhe escapam; depois de trinta anos, os rostos já não estão nítidos. 

Ele deseja recuperar o passado, para que se torne algo além de fragmentos distantes e ausentes. Tudo lhe causa uma sensação de irrealidade. E é na busca do passado, de Francis Jansen e de tantos outros, que sua identidade é rememorada.

Alice sempre pareceu mais nova do que realmente era, apesar de alguns fios de cabelo branco e do jeito despojado de dona de casa de Nova Jersey. Ou melhor: ex-dona de casa. Agora que o marido a deixou e que a filha já não é mais criança, ela precisa refazer sua vida. Então deixa que sua melhor amiga, Maggie, transforme seu visual na véspera do Ano-Novo.

Graças às maravilhas da tintura de cabelo e de um par de jeans colado ao corpo, Alice se vê com uma aparência mais jovem, fato atestado num bar de Manhattan: à meia-noite, ela beija um cara que ainda usava fraldas quando ela já cursava o ensino médio. A mentirinha que contou a Josh a faz acreditar que, se ninguém perguntar sua idade, ninguém vai descobrir a verdade. Então Alice se candidata a um cargo na editora em que trabalhou brevemente antes de se tornar mãe em tempo integral – e consegue o emprego.

Aos poucos, Josh se apaixona perdidamente por Alice, uma mulher muito mais interessante que as da idade dele. Para ele, Alice tem 29 anos – e pela primeira vez desde os 29 ela tem a sensação de que a vida é um mar de possibilidades. Mas, infelizmente, uma delas é ser desmascarada.

Dependentes químicos num jogo mortal lutando pela sobrevivência.

Seis estranhos acordam em uma ilha deserta sem qualquer lembrança de como chegaram ali, mas logo se torna evidente o que todos têm em comum: são dependentes de heroína. Sequestrados e colocados à força em um jogo mortal. 

Em pouco minutos, começam a discutir, porém os ânimos se acalmam quando eles encontram um baú com água, comida e uma carta informando que ninguém irá socorrê-los e que, do outro lado do canal, há uma segunda ilha, onde eles encontrarão mais suprimentos e uma recompensa para quem completar a tarefa: uma dose da mais pura heroína. 

Quando os primeiros sintomas da abstinência aparecem, eles não veem alternativa a não ser se entregar à pressão psicológica imposta pelos misteriosos torturadores. Então se aventuram em um oceano de terror.

No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.

Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no tempo verbal presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, frio e um ritmo mais desacelerado, paira uma atmosfera absolutamente brutal.

Com uma prosa verdadeiramente excepcional, o estilo da autora reúne tanto clareza como substância e apresenta uma personagem inesquecível, enigmática, trágica, assombrada por um passado inescapável. Uma mulher forte, ainda que tão passível de falhas, erros e equívocos como todos nós. É uma história de solidão e sobrevivência, culpa, perda e o poder do perdão. Uma escrita visceral onde sentimos a presença de tudo, os odores, o vento, o tempo. Nada passa desapercebido.

Onde Cantam os Pássaros é o segundo romance de Evie Wyld – selecionada em 2013 pela revista Granta entre os melhores jovens escritores britânicos da década – e mantém uma pequena e simpática livraria independente no bairro de Peckham, em Londres. A Review Bookshop possui um pequeno jardim, é dog friendly, realiza o Peckham Literary Festival e, claro, vende os melhores livros de grandes e pequenas editoras. 

Sua prosa refinada com altas doses de terror psicológico está muito bem representada na edição que a DarkSide® Books entrega a seus leitores em 2015. Ela queria se isolar de tudo e todos, mas agora está cercada pela crueldade do silêncio e a mais pura manifestação da natureza. O ciclo da vida é muito mais assustador quando o fim ecoa dentro de nós. Prepare-se para descobrir uma grande autora, e um livro à sua altura.

Quando Tarl é capturado e escravizado para trabalhar no Sal Profundo, seu filho Hari promete resgatá-lo. Corajoso e inteligente, este cruza o caminho da bela Pérola e de sua talentosa criada, Folha de Chá. Hari e Pérola logo percebem que, juntos, devem descobrir os segredos do Sal Profundo. 

E esta longa jornada por terras ermas se torna muito mais do que uma missão para salvar Tarl — afinal, o mundo está à beira de um terror sem precedentes.

A diva do romance leva seus fãs para uma temporada de emoções na Califórnia, com direito a um emprego cheio de glamour em Hollywood.

O agente literário de Tanya Harris liga com uma notícia bombástica: um famoso produtor de cinema quer que ela escreva o roteiro de seu próximo filme. E mais: a proposta inclui trabalhar hospedada no exuberante Bangalô 2 do Hotel Beverly Hills. De uma hora para outra Tanya precisa escolher se vai continuar com a rotina perfeita de escritora freelancer, dona de casa, esposa dedicada e mãe de família em São Francisco, ou se vai aceitar o convite e passar vários meses em Los Angeles, longe do marido e dos filhos, desestruturando a vida familiar para realizar um antigo sonho. Relutante e dividida, Tanya acaba aceitando o desafio. 

Mas será que tomou a decisão certa? Ao chegar a Hollywood, Tanya é envolvida por um mundo novo e intoxicante, e mergulha em um trabalho que exige mais dela do que poderia imaginar. Inevitavelmente, vai se afastando da família, que começa, aos poucos, a se desintegrar, e seu sonho se transforma em seu pior pesadelo. Será que Tanya conseguirá conciliar a vida pessoal e a profissional em meio a tantas demandas opostas? Ou uma reviravolta do destino vai garantir para sua vida uma cena final inesperada e digna de um filme vencedor do Oscar? Uma trama emocionante com um desfecho surpreendente!

Um amor proibido. Um exílio forçado. Uma igreja em crise.

O ano é 1570. Na cidade italiana de Ferrara, o Convento de Santa Catarina recebe Serafina, uma jovem de 16 anos enviada pela família para uma vida de reclusão.
Separada do homem que ama, Serafina reage ao exílio no convento com revolta, e sua primeira noite como noviça é marcada por uma demonstração de fúria tão violenta que a freira responsável pelo dispensário se vê obrigada a sedá-la.

Conforme a jovem segue protestando contra seu encarceramento, a paz das religiosas é ameaçada e rebeliões começam a ser deflagradas.

Paralelamente, fora dos muros do convento, os preceitos da Contrarreforma passam a impor um regime opressivo que coloca em risco o pouco da liberdade conquistada pelas freiras; mas o espírito de resistência de Serafina se fortalece, e o fogo que ele produz ameaça consumir tudo e todos que a cercam.

Realidade e magia neste aclamado livro de fantasia histórica

Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, premiado romance fantástico que a DarkSide® Books traz ao Brasil em 2015, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos.

Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da Cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás.

Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva.

O romance de estreia de Helene Wecker reúne mitologia popular, ficção histórica e fábula mágica, entrelaçando as culturas árabe e judaica com uma narrativa inventiva e inesquecível, escrita de maneira primorosa.

Golem e o Gênio foi eleito uma das melhores fantasias históricas pelo Goodreads e ganhou o Prêmio da VCU Cabell de Melhor Romance de Estreia.

Em 1190, o rei Ricardo Coração de Leão inicia sua cruzada épica para libertar Jerusalém das mãos dos cruéis sarracenos. À frente do grande exército real está o mais temido guerreiro da Inglaterra: o fora da lei de Nottingham, o conde de Locksley — Robin Hood em pessoa. 

Junto de seus leais companheiros, Robin tem um papel decisivo na perigosa viagem para o leste. Destemido e ameaçador, ele é capaz de superar e vencer qualquer inimigo. Mas agora, nos campos de batalha da Terra Santa, ele será posto à prova no que promete ser seu maior desafio.

E não é apenas com os adversários declarados que Robin terá de se preocupar. Em seu acampamento há um traidor à espreita, um inimigo sorrateiro determinado a matar o mais famoso fora da lei antes do silenciar das trombetas.

Tom Raines e seus amigos estão ansiosos para voltar ao Pentagonal Spire e continuar seu treinamento nas Forças Intrassolares. Ainda que este seja um momento em que as coisas não pareçam estar tão bem, Tom não se intimida e persiste em lutar.
O que começa como um ajuste de contas intrigante entre Tom e seu pai logo se transforma em uma mudança perigosa, pois há agentes suspeitos em posições de poder, bem como revelações sobre um novo controle militar. Isso significa, talvez, que Tom tenha que manter segredos inclusive de seus aliados.

Em seguida, uma figura misteriosa, outro fantasma na máquina, inicia uma luta contra as corporações, mas os métodos adotados por Tom para combatê-lo são chocantes.

Neste terceiro volume, vemos Tom e seus amigos, os cadetes, diante de um futuro impossível, o qual eles nunca poderiam prever. Em “Catalisador”, S.J. Kincaid nos presenteia com um final eletrizante, concluindo uma jornada heróica e fantástica de tirar o fôlego.

Um ex-nobre, um pintor e um assassinato que compromete a unificação da Inglaterra.

Na tentativa de garantir a paz na Inglaterra, o rei Cnut convoca saxões, dinamarqueses, vikings e jutos para um encontro em Oxford. Porém, a dias da reunião entre nobres e bispos saxões e conselheiros dinamarqueses, a morte de um nobre saxão abala a já frágil estabilidade da região, dificultando os planos de Cnut. 


A fim de garantir o sucesso de seus propósitos, o rei escolhe uma dupla improvável para solucionar o crime: Halfdan, outrora um nobre e agora empobrecido, e Winston, um pintor e ex-noviço. Seguindo as pistas do assassinato, os dois se deparam com uma grande conspiração. Surge assim uma nova dúvida: eles conseguirão resolver o mistério e permanecer vivos? 

 Nas mais de três décadas em que o Metallica se manteve em evidência tanto entre as bandas de thrash metal dos anos 1980 quanto em meio aos atemporais gigantes do rock, uma figura se destacou como fator de mudança e de retorno às raízes musicais: o vocalista, guitarrista e compositor James Hetfield. A cada dramático passo da banda rumo à sua popularização e ao que muitas vezes pareceu ser o fim definitivo do quarteto, ele estava lá.
Mas o que se passa na cabeça – e na vida – desse carismático frontman? Como ele lidou com os inúmeros problemas internos do Metallica, com a morte de familiares, com seus vícios e batalhas pessoais? Com relatos de amigos e músicos de bandas contemporâneas da cena, esta biografia veio para mostrar a verdadeira personalidade do lobo à frente da alcateia mais celebrada do heavy metal.

O tempo pulsa e a escuridão se aproxima.
Forças malignas se aproximam da cidade de Mariefred. Estrid e Magnar, guardiões de uma antiga biblioteca secreta precisarão de aliados para enfrentar o perigo que está por vir. Os irmãos Alrik e Viggo podem ser os guerreiros que ajudarão nessa missão. Mas, essa jornada de combate ao mal não acaba por aqui...

Nesta série, além das personagens atuais e criaturas da mitologia nórdica, as ilustraçõs em quadrinhos dão um ar muito especial para a história. Mistério, aventura e magia esperam por você nessa aterrorizante aventura!

O “Cajado da Maldição” é o primeiro de 10 livros da série Pax.

Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. 

A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. 

Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.

Cal Erickson é um secundarista da New Hampshire College. Ele não é um aluno exemplar e não tem muitos amigos. Roger, seu pai e reitor da universidade, quer que ele pare com a bebedeira e com a história de ser gay. O rapaz até se esforça para se encaixar naquele ambiente, mais é muito difícil. 

Cansado de tentar controlar o filho, Roger exige que ele participe de um seleto grupo de estudos orientado pela professora Reyes. Junto com outros alunos, sua primeira tarefa é descer ao porão do alojamento Brookline. Onde antigamente funcionava um manicômio para catalogar tudo o que for encontrado por lá. Com o passar do tempo, Cal percebe que há algo estranho e misterioso por trás de tudo aquilo. 

De Montserrat à Terra Santa para cumprir uma missão de vida

Montserrat, 1910. O monge Bonaventura Ubach marca uma reunião com o abade de seu mosteiro. Ele precisa expor ao Reverendíssimo seu projeto mais ambicioso. Ubach deseja seguir os passos de Moisés e do povo de Israel e realizar o périplo de Abraão, conferindo in loco as regiões onde transcorrem as histórias das Sagradas Escrituras.

Assim, o monge Ubach empreende uma verdadeira odisseia à Terra Santa e à Mesopotâmia, acompanhado de outros religiosos e beduínos. Desejando obter peças para serem expostas no futuro Museu Bíblico no Mosteiro de Montserrat, em Barcelona, e desejando ilustrar uma edição catalã da Bíblia, o padre Ubach se depara com tempestades no deserto, pragas bíblicas, xeiques cruéis, exércitos e diversos contratempos, mas também se vê diante de maravilhas e encantos da cultura e do povo da região.
O arqueólogo é um apaixonante romance sobre uma história real do monge beneditino Bonaventura Ubach.


• A viagem do monge Bonaventura Ubach oferece uma série de revelações e questionamentos que tornam o livro interessante para qualquer um que se interesse pelas histórias da Bíblia, seja uma pessoa religiosa ou não.
• “Gironell oferece um retrato do monge Ubach tão real que é quase fotográfico.” – El País

Timmy Fiasco acredita que é o melhor detetive de sua cidade. Junto de seu inseparável amigo Total, o urso polar, Timmy funda a Fiasco Total, uma empresa de investigações baseada no closet de sua mãe! Timmy Fiasco – Errar é humano é o primeiro livro para jovens do cartunista Stephan Pastis, autor de tirinhas premiadas nos EUA como Pérolas aos porcos e Larry in Wonderland. 

Repleta de humor e ironia, a série de Pastis é comparada ao bestseller Diário de um banana, de Jeff Kinney, e alcançou a lista dos mais vendidos do The New York Times. Com uma imaginação fértil e uma lógica peculiar, o pequeno Timmy vai conquistar os leitores com suas hilárias desventuras ao investigar casos como o misterioso sumiço dos doces de seu colega Gunnar e seguir sua caminhada rumo ao sucesso.

No intrigante filme Dogville, do dinamarquês Lars Von Trier, habitantes de uma cidade à beira do fim do mundo se comportam como ratinhos de laboratório. O diretor nos faz ver quão ridículos somos quando vistos do alto. Em Abandonado, Vinícius Pinheiro leva seus personagens para reinar na estonteante São Paulo, cidade que centrifuga tudo o que há de bom e ruim numa força avassaladora. 

Todos tentam dar o melhor de si, mas parecem ridículos. Tentam se levar a sério, mas percebem que o mundo está se tornando uma grande piada. Somos nós lutando para sobreviver e viver nas poucas horas vagas, enfrentando dificuldades financeiras, chefes carrascos, a mediocridade e o imediatismo que nos impedem de ser um pouquinho original. Tudo é produção, tudo é pra ontem, tudo é insumo. Nas pinceladas das palavras, Vinícius vai desenhando momentos de ironia, sarcasmo, e nos faz rir das próprias desgraças, das próprias fragilidades. 

Assim, nos sentimos mais humanos quando viramos a última página. Faz lembrar os versos de Fernando Pessoa em Poema em linha reta: “Ora, então são todos semideuses? Onde há gente neste mundo?” 

Em O jogo de Sade, o espanhol Miquel Esteve apresenta uma espécie de thriller erótico. Mergulhando na trama, porém, o leitor não tarda a perceber a inquietude moral e os questionamentos filosóficos contidos nas entrelinhas do romance. Na história, Javier é um empresário em processo de falência. 

A crise econômica, porém, é apenas o estopim que leva o protagonista a questionar sua própria visão de mundo, seu casamento, já em ruínas, e sua relação com a filha. Uma noite, em busca de uma experiência diferente, Javier acaba descobrindo uma espécie de entidade que visa a perpetuar o espírito libertino do marquês de Sade e a partir daí se vê envolvido num jogo sensual e perigoso movido a práticas sexuais extremas.

Pia Grazdani é uma estudante de medicina de inteligência excepcional e temperamento reservado. Em estreita colaboração com o geneticista molecular Dr. Tobias Rothman, da Universidade Columbia, ela trabalha na pesquisa que tenta criar órgãos de reposição para pacientes crônicos, o que poderia revolucionar a saúde pública. Através desse estudo, Pia espera ajudar milhões de pessoas. Porém, quando o laboratório vira palco de uma tragédia, Pia se vê obrigada a interromper suas pesquisas e começa a investigar, com a ajuda de um colega de turma, o que teria causado o desastre no laboratório de biossegurança.

Enquanto isso, dois gênios de Wall Street pensam ter achado mais uma mina de ouro na multitrilionária indústria de seguros de vida, e concentram todos os seus esforços na tentativa de manipular dados atuariais e securitizar apólices de seguro de vida de idosos e doentes crônicos – uma fonte potencial de fortunas incalculáveis.
Quando Pia e George investigam mais a fundo, uma pergunta começa a rondá-los: será que alguém estaria usando informações de seguros de vida particulares para permitir que investidores se beneficiem da morte de terceiros? Em Benefício na morte, Robin Cook está de volta com mais uma história eletrizante envolvendo pesquisas científicas sem precedentes e questões éticas na medicina, ambas sujeitas à ação maligna de pessoas gananciosas e sem escrúpulos.

A primavera chegou à sofisticada Rosewood, mas nem tudo são flores para Aria Montgomery, Hanna Marin, Spencer Hastings e Emily Fields. Em Arrasadoras, décimo terceiro volume da série Pretty Little Liars, bestseller de Sara Shepard que virou série de TV, as adolescentes estão decididas a descobrir a identidade de A e lutar contra a pessoa misteriosa que as persegue. 

O problema é que A, além de parecer antecipar os movimentos das jovens, pode estar mais perto do que elas imaginam. Será dessa vez que as mentiras acumuladas em torno do quarteto e de sua ex-amiga Ali serão reveladas? 

Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.

Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,

Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.

Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.

Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

Shea tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano. Criada junto com sua melhor amigas, Lucy, filha do lendário treinador Clive Carr, Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal. Acabou cursando a universidade, onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias junto do treinador e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.

Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido, Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos, seus medos e segredos.

A aclamada autora de Questões do Coração e Presentes da Vida criou uma história extraordinária sobre amor e lealdade e sobre uma heroína não convencional que luta para conciliá-los.

Bom Dia, Sr. Mandela conta a extraordinária história de uma jovem que teve suas crenças, preconceitos e tudo em que sempre acreditou transformados pelo maior homem de seu tempo. 

A incrível trajetória de uma datilógrafa que, escolhida para se tornar a mais leal e devotada assessora de Nelson Mandela, passou a maior parte de sua vida trabalhando ao lado do homem que ela passaria a chamar de Khulu , ou avô.

Aqui é meu lugar agora , ela pensou. Eu sou uma traidora. Eu sou diabólica. 
O sentimento de abandono e traição era pior do que a fome, o frio e as algemas.

Depois de ser traída por Jason, Nina Idi é detida pela Polícia de Controle da População, torturada e presa numa cela fria, úmida e suja. Suas chances de sobreviver são praticamente nulas até o dia em que um dos agentes, um homem cheio de ódio, lhe propõe um acordo: que Nina se torne uma espiã, vá para a cela onde estão Alia, Matias e Percy, ganhe a confiança deles e descubra suas verdadeiras identidades. Se Nina conseguir as informações, a polícia poupará a vida dela. Caso contrário, será executada junto com eles. 

Seria uma missão fácil se seus companheiros de prisão não fossem filhos das sombras, terceiros filhos ilegais assim como ela Nina não quer traí-los, mas também não quer morrer Quando sobrevivência e confiança são as únicas opções, qual escolher? 
Talvez Nina deva tentar fugir ou morrer tentando. Mas como e para onde ir? Existe algum lugar realmente seguro para um filho das sombras? Nina seria capaz de deixar Ali, Matias e Percy para trás, condenados à morte? E o mais importante: ela deveria confiar neles? Num mundo cruel e cheio de mentiras, nem todos são o que dizem ser e a traição está sempre à espreita 

Uma obra ao mesmo tempo rebuscada, vulgar, histórica e contemporânea.

Ao apaixonar-se por Mona Sofia, uma prostituta veneziana, o anatomista Mateo Colombo inicia uma árdua exploração da natureza feminina e acaba por desvendar aquilo que desde o começo da História foi buscado por bruxos e feiticeiras, xamãs e alquimistas: o Amor Veneris, equivalente anatômico do kleitoris, a chave mágica para o coração das mulheres e o segredo que governa a misteriosa vontade de seu amor.

Porém, ao tentar tornar pública sua descoberta, o anatomista se depara com a perseguição da Igreja, que abomina seus métodos e rejeita suas descobertas, acusando-o de satanismo. Afinal, as novas ciências eram boas apenas se servissem para arrecadar ouro e não excedessem a verdade das Escrituras. 

As reflexões sobre a subversão do papel feminino na sociedade e sobre os tabus religiosos, ainda tão presentes no cotidiano, fazem de O anatomista uma polêmica e deslumbrante obra-prima.

Jonas e Catherine continuam em sua perigosa missão de ajudar as crianças desaparecidas. Desta vez, viajam no tempo com Andréa, uma garota de 13 anos que, como Jonas, também foi adotada. Ela na verdade é a lendária Virginia Dare, conhecida como a primeira criança filha de ingleses a nascer nos Estados Unidos, em 1587. Mas quando o trio, que tem a companhia do amável cachorro Valente, chega a seu destino final, a Colônia Roanoke, as coisas começam a dar errado. 

Sem comunicação com seu mentor e protetor J.Z., sem armas e sem suprimentos, eles não têm nenhuma informação sobre o que fazer para ajudar Andréa. E o pior, não fazem ideia de como voltar para o século 21!
Enquanto buscam por pistas, eles conhecem o avô de Virginia Dare, encontram outros dois meninos perdidos no tempo, e, quando as coisas já parecem bem confusas, descobrem que um homem para lá de misterioso vem tentando arruinar a missão desde o início. E as consequências desta sabotagem podem causar marcas profundas na história da humanidade.
Será o fim do mundo como conhecemos? Haverá uma nova chance para Jonas, Catherine e Andréa? Haverá uma nova chance para a História?

Desaparecidos é uma série de ficção best-seller da autora Margaret Haddix que você não vai conseguir parar de ler. 

“O melhor livro da série.” - Kirkus Reviews

A cidade de Montauk tem sido palco de assassinatos pavorosos, especialidade de investigador do FBI Jake Cole. Depois de trinta anos longe de sua cidade natal, Jake regressa para visitar o pai hospitalizado, mas acaba se tornando peça-chave para a investigação do xerife Hauser.

Enquanto tenta, desesperadamente, solucionar os crimes antes da chegada de um dos maiores furacões dos Estados Unidos, Jake se dedica a uma investigação particular sobre acontecimentos estranhos em sua própria família.

Robert Poli leva ao leitor a participar da investigação do mistério junto com Jake, mas é preciso coragem para enfrentar os sinais. Bloodman exige sangue-frio do início ao fim.

Quase dois mil anos depois de Jesus ter sido brutalmente assassinado pelos soldados romanos, mais de 2,2 bilhões de pessoas ainda tentam seguir os ensinamentos de uma das figuras mais polêmicas e revolucionárias da História e que muitos acreditam ser o messias. Agora Bill O’Reilly e Martin Dugard contam em detalhes os acontecimentos inquietantes que levaram à execução do homem mais influente que já caminhou sobre a Terra.

Os últimos passos de Jesus apresenta um homem de grande intelecto em sua luta para aceitar o destino que o aguarda. Abrangendo desde o nascimento dele até o fim de seu ministério, a narrativa se concentra em apresentar os fatos que envolvem sua vida e o contexto histórico da época.

Este é o resultado de uma extensa pesquisa que traz informações esclarecedoras sobre a Terra Santa, o texto bíblico e toda a crueldade da ocupação romana – inclusive a crucificação, a punição mais desumana e temida naqueles tempos.

Este instigante relato sobre Jesus e seu tempo também apresenta em cores vivas outros personagens históricos importantes, como Júlio César, Cleópatra, César Augusto, Herodes, Pôncio Pilatos e João Batista.

A partir de descrições ricas sobre os costumes do Império Romano, a vida dos judeus da época e sua maneira de enxergar o mundo, você vai testemunhar os eventos históricos e políticos que tornaram inevitável a morte de Jesus de Nazaré.

Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?

Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.

Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?

Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?

A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.

Uma garota surge de repente no caminho da adolescente Piddy Sanchez para avisá-la de que Yaqui Delgado vai acabar com ela. Piddy acabou de mudar de escola e nem faz ideia de quem seja Yaqui, muito menos do que pode ter feito de tão errado para apanhar. Mas Yaqui sabe quem ela é, e a odeia.

Piddy Sanchez não tem descanso. Ser filha de uma imigrante cubana nos Estados Unidos e crescer sem pai já era bem difícil sem ter alguém a odiando. No ensino médio da nova escola, seu corpo atraente desperta tanto os olhares dos meninos quanto o da esquentada Yaqui, que começa atacando a novata com ameaças cruéis, mas demonstra ser capaz de muito mais que isso, tornando a vida de Piddy um verdadeiro inferno dominado pelo medo. Denunciar Yaqui não é uma opção. Fugir não adianta. O importante agora é sobreviver.

O romance explora a questão do bullying nas escolas e fala de violência doméstica, assuntos que vêm sendo cada vez mais discutidos atualmente, por afetar muitas crianças e adolescentes.

“Sensível, emocionante... e muito bem escrito. ”Kirkus Reviews

“Meg Medina aborda com sensibilidade o delicado equilíbrio entre fazer parte de um grupo e manter a individualidade.” Publishers Weekly

Assim que a elegante socialite Fay York entrou no bar do lado errado da cidade, Donavan Langley sabia não só que ela era problema, como também o tipo de mulher que jurara evitar. Mas a adorável Fay despertou naquele homem do Texas uma ternura jamais experimentada… e um desejo impossível de ignorar. 

Aqueles intensos olhos prateados fizeram com que Fay perdesse seu coração para sempre. E ainda que Donavan tivesse se esforçado ao máximo para se manter afastado, agora tinha uma proposta que Fay não teria como recusar…

Mara, a filha mais nova da poderosa Casa dos Acoma, estava destinada a uma vida de contemplação e paz. Mas quando seu pai e seu irmão são mortos, sua vida muda de um dia para outro. Apesar do sofrimento, cabe a ela a tarefa de vestir o manto da liderança e enfrentar as dificuldades e os inimigos implacáveis.

Inexperiente na arte de governar, Mara terá de recorrer a toda a sua força e astúcia para sobreviver no Jogo do Conselho, recuperar a honra da Casa dos Acoma e assegurar o futuro de sua família. Mas quando percebe que os inimigos que quase aniquilaram a sua casa vão voltar a atacar com fúria renovada, Mara só tem uma dúvida: será que ela, apenas uma mulher, ainda quase menina, poderá vencer em um jogo perigoso no qual seu pai e seu irmão falharam?

“A Filha do Império cria um belo e estranho mundo.” – MoonprojectUK 

“Apesar do que passei, minha história é sobre esperança e fé. Esperança por ter provado que, mesmo após uma grande adversidade, podemos ter uma vida boa e com propósito. Fé por saber que é possível ver o divino, basta abrirmos os olhos.” – Hannah Luce

Em 11 de maio de 2012, um pequeno avião com cinco amigos caiu no meio de um milharal no Kansas, deixando apenas uma sobrevivente: Hannah Luce, na época com 22 anos, filha de um renomado evangelista.

Hannah sempre seguiu o caminho que a família traçou para ela, se formando em uma universidade cristã e assumindo uma posição de destaque no ministério de seu pai. Mas questionava constantemente suas convicções religiosas. Até que ponto tudo que ela tinha aprendido era verdadeiro?

Depois daquele dia fatídico, Hannah se viu física e mentalmente devastada. Por que tinha sido poupada? Como explicar os acontecimentos milagrosos que garantiram sua sobrevivência?

Aos poucos, ela conseguiria desenvolver uma nova forma de fé, que iria acrescentar significado à sua vida e ao mesmo tempo honrar a memória de seus melhores amigos. Campo dos milagres é uma história real inspiradora e comovente sobre reinvenção pessoal, família e amizade.

Bem-vindo à terra dos Cinco Reinos, onde a magia está no ar. Aqui existem muitos lugares para visitar, personagens para conhecer e histórias e segredos para descobrir.

Depois de tirar o trono do Grande Reino do cruel e implacável Velho Rei, um cavaleiro conhecido como Rei Sábio dividiu o território entre suas cinco filhas, que se tornaram princesas e soberanas de cada um deles.

No Reino do Deserto, quem governa é a princesa Samah, uma jovem doce, determinada e corajosa. Samah, assim como seus súditos, estava a todo vapor com os preparativos para a Feira das Areias, um evento que atrai comerciantes e um grande público à cidade de Pedra Ocre, onde fica o palácio. Mas toda a agitação e a chegada de tantas pessoas pode ser apenas o início de uma grande confusão e dois forasteiros que a princesa jamais havia imaginado conhecer vão marcar sua vida de duas formas bastante diferentes.

Será que a tranquilidade do deserto está ameaçada? Samah será capaz de reconhecer um inimigo, ainda que ele esteja muito bem disfarçado?

Uma aventura cheia de encato, perigos e surpresas eestá para começar. Não fique de fora!

Em Uma Breve História da Riqueza, William J. Bernstein apresenta uma fascinante viagem pela história da economia do mundo moderno, identificando os pilares da prosperidade e seus efeitos sobre a civilização nos últimos 200 anos.

Por que algumas economias progrediram enquanto outras permaneceram estagnadas? Quais foram os eventos que impulsionaram o desenvolvimento econômico? Como muitos países se adaptaram ao progresso para poder sobreviver?
Com uma minuciosa pesquisa, o autor avalia o desenvolvimento econômico mundial ao longo da história, mergulhando nos aspectos culturais e em marcos históricos, como a invenção da máquina a vapor, do telégrafo e a evolução do transporte marítimo.


Uma Breve História da Riqueza lança uma nova luz sobre o progresso das nações, a democracia, a tecnologia e a busca pela felicidade. É uma esplêndida revisão histórica repleta de informações que mudarão sua maneira de ver o mundo.

“Um colossal épico cômico musical romântico policial de horror sobre viagens no tempo, fantasmas e detetives.” — O autor

A série O Mochileiro das Galáxias consagrou Douglas Adams por sua fina ironia e sua capacidade de elaborar histórias hilárias e inusitadas. Porém, essa não foi sua única obra-prima. Também na década de 1980, ele criou o personagem Dirk Gently, cujos elementos principais surgiram quando escrevia episódios para Doctor Who, outro ícone britânico da ficção científica.

Adams morreu em 2001, deixando dois volumes sobre as aventuras do detetive carismático e arrogante. Agora, finalmente, o primeiro livro é publicado no Brasil.

Richard MacDuff é um engenheiro de computação perfeitamente normal que sempre se comportou muito bem, obrigado, até o dia em que deixa uma mensagem equivocada na secretária eletrônica de sua namorada, Susan Way. Arrependido, toma a decisão mais natural possível: escalar o prédio dela e invadir seu apartamento para roubar a fita com a gravação.

Na vizinhança, Dirk Gently bisbilhota os arredores com seu binóculo quando presencia o ato tresloucado do antigo colega de faculdade e decide entrar em contato para lhe oferecer seus serviços investigativos. Depois de uma série de acontecimentos bizarros, o detetive percebe uma interconexão obscura entre a atitude estapafúrdia do amigo e o assassinato de Gordon Way – irmão de Susan e chefe de Richard, que passa a ser suspeito do crime.

De uma hora para outra, os dois veem-se envolvidos num caso incrivelmente estranho, com elementos díspares e desconexos que, no final, conseguem se encaixar de forma perfeita e construir uma trama típica de Douglas Adams.

 Livro leva os fãs da saga de George R. R. Martin muito além das fronteiras de westeros. “Surgiram vários livros sobre a série da HBO Game of Thrones e sobre As Crônicas de Gelo e Fogo... E o que mais me impressionou foi Além da Muralha, de James Lowder.” - Geroge R. R. Martin Era inevitável que uma obra com a força das As crônicas de gelo e fogo acabasse ultrapassando as fronteiras dos Sete Reinos de Westeros. 
Em Além da Muralha, uma coletânea de ensaios avança sobre novos territórios, desvendando temas como as disputas pelo poder, o papel das mulheres na trama e a natureza dos seus deuses e seres fantásticos. E para quem tem sede de ir mais longe, pode mergulhar na complexidade dos heróis e vilões, bem como nas questões morais que envolvem seus atos e decisões, além de descobrir os desafios que existem na adaptação da série para a linguagem das HQs. 
Mais do que um livro de ensaios sobre o universo de George R. R. Martin, Além da Muralha é uma aventura fascinante, capaz de revelar detalhes que podem passar desapercebidos até mesmo pelos maiores fãs da série.

Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.

Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.

Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.

Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?

Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.

Jeremy Marsh é um jornalista cético que dedica a vida a investigar e desmentir fenômenos sobrenaturais. Ele está no auge do sucesso, prestes a ir trabalhar na TV, quando recebe uma carta curiosa.

Nela, uma senhora relata a ocorrência de luzes estranhas e fantasmagóricas no cemitério de Boone Creek, uma pequena cidade na Carolina do Norte. Farejando uma boa história, Jeremy sai de Nova York e vai passar uma semana lá.

Quando começa suas investigações, ele conhece a obstinada Lexie Darnell. Responsável pela biblioteca local, ela está determinada a proteger as pessoas e a cidade que tanto ama – e nem um pouco disposta a confiar no forasteiro. Depois de sofrer pelo término de dois relacionamentos, ela tem duas certezas: a primeira é de que seu lugar é em Boone Creek, e a segunda é de que não se pode acreditar num homem tão sedutor quanto Jeremy.

O que ela não imagina é que o jornalista também tem suas feridas. Ele nunca conseguiu superar completamente a dor de seu casamento desfeito e a frustração de saber que jamais poderá ser pai.

Enquanto tenta descobrir a verdade por trás das luzes do cemitério, Jeremy tem que desvendar também os próprios sentimentos e se vê diante de escolhas muito difíceis, entre elas a de voltar para a vida que conhece em Nova York ou fazer algo completamente novo: acreditar.

O milagre é um romance que explora os maiores mistérios de todos: os do coração.

Nem sempre os fantasmas do passado permanecem onde deveriam...

Libby Rabvena tem uma vida confortável ao lado de Jack, seu amável marido. Mas ele parece ainda não ter superado a perda de Eve, sua primeira mulher, que morreu de forma trágica e misteriosa na mesma casa em que eles vivem agora.

Depois de sofrerem um horrível acidente de carro, do qual Jack sai praticamente ileso e Libby se fere gravemente, ela encontra os diários de Eve escondidos em sua casa. Disposta a procurar pistas sobre Jack e conhecer melhor a mulher que ele amava, Libby decide lê-los e descobre que alguns segredos são difíceis de suportar... e que a morte de Eve pode não ter sido acidental.

Com os terríveis segredos do passado prestes a vir à tona, Libby começa a temer por sua vida. Principalmente quando o suspeito do crime pode estar sentado no sofá da sala, bem ao seu lado...

Destaque no programa do ícone da televisão americana Oprah Winfrey, a obra de Mark Nepo tem inspirado milhões de pessoas a redefinirem-se em face aos desafios da vida.

Em A Prática Infinita, o autor nos conduz por algumas das questões mais profundas e antigas da alma, tais como: O que significa habitar o mundo? Como é que ficaremos à salvo em meio às tempestades da vida? Qual é o segredo para despertarmos para a vida? Mark afirma que a jornada da alma não apenas é inevitável, como é essencial para a nossa sobrevivência. A jornada humana se dá por meio da vida que nos faz crescer, e não importa aonde vamos, não podemos fugir desta verdade fundamental: o que está no caminho é o caminho.

Como Mark escreve: “A questão da experiência não é escapar da vida, mas vivê-la.”