Depois que a ONU descobre evidências de desenvolvimento de armas nucleares no Irã, é deflagrada uma intensa crise e a real possibilidade de uma guerra de proporções mundiais. 

Acusados de estarem envolvidos com esse terrível fato, a diplomata brasileira Helena Gouveia e o engenheiro nuclear Arash Zarak são considerados fugitivos internacionais e ainda recebem a difícil missão de viajar para o Irã e seguir as pistas deixadas pelo inventor César Montenegro, mentor de Helena, que indicam o caminho do artefato científico mais revolucionário da história: um protótipo de Energia Livre que proporcionaria não somente energia limpa, livre e gratuita para toda a humanidade, como também um salto científico nunca antes visto nas áreas de Física e Medicina, além de uma drástica ruptura do sistema geopolítico vigente. 

No entanto, há um grande entrave no caminho dos dois: uma força paralela que, por intermédio de um assassino mortal, tenta impedir que essa tecnologia seja levada a público a todo custo, não sem antes roubá-la para si.

Deixe um comentário