Poucas coisas se comparam ao sofrimento da perda de um amor. A francesa Amélie-Gabrielle Boudet, como tantas outras mulheres, de tantas outras épocas, precisa reaprender a viver depois da morte do marido, amigo e amante de uma vida inteira. Mas uma certeza lhe dá conforto: ela sabe que aquela é apenas uma passagem, e que o espírito do homem que ela tanto ama ainda tem uma longa jornada a seguir. Seu marido era Allan Kardec. Em uma sessão espírita conduzida por uma médium famosa, Amélie consegue se comunicar com o espírito de Kardec, sugerindo a ele que relembre a trajetória dos dois. 

Além da vida em comum com a mulher, o espírito passa a recontar as experiências que o levaram a ficar conhecido como o codificador do espiritismo, desde o tempo em que era estudante no instituto Pestalozzi, no castelo de Yverdon, Suíça, até o momento de seu retorno ao plano espiritual. Embora seja uma ficção, O romance dos espíritos oferece um retrato fiel da vida de Allan Kardec, a partir de ampla pesquisa, abordando os episódios mais marcantes de sua jornada na Terra.

Deixe um comentário