Eu sempre sonhei com o Mr. Darcy, e Londres sempre foi um refúgio para os meus pensamentos quando as coisas complicavam aqui em casa. E elas complicavam muito. Eu tinha um pai que não ligava para mim, a menos que fosse do interesse político dele, uma irmã implicante e uma mãe nada carinhosa. Então, ao ler a obra mais perfeita já criada, Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, Londres sempre me pareceu o destino mais perfeito para uma fuga. 

Só que eu nunca imaginei que eu tivesse que abrir mão do grande amor da minha vida para seguir com os meus sonhos. Eu me apaixonei, mas viajei mesmo assim. Não sou do tipo que abre mão de tudo por um homem, muito menos aos 18 anos quando não acreditei que esse amor fosse passar de uma paixonite juvenil.

Mas passou. Porque mesmo depois de quase seis anos fora, eu continuo apaixonada pelo Edu. E agora eu estou de volta ao Brasil. Só que eu o abandonei, e ele me odeia. Pelo menos ele diz que me odeia, mas na primeira oportunidade ele veio logo me agarrando e me jogando contra uma parede. E ele é sexy. Com o passar dos anos, como se fosse possível, ele ficou ainda mais sexy. E eu preciso reconquistar esse homem. Mas preciso também contar um segredo que vai fazer com que ele me odeie ainda mais.

Deixe um comentário