Ray Turner tem 35 anos, é um ator apaixonado por seu trabalho. A mídia e os críticos de dramaturgia, o consideram realmente muito bom no que faz. Um bon vivant safado, nunca deixa passar uma mulher bonita e não tem vergonha nenhuma de usar seu prestígio e profissão para tal. Compromisso, romance e casamento são palavras que não fazem parte de seu dicionário sentimental. “Deixo o amor e o romance para os filmes.” é o seu mantra diário. 

Carla Mendes é uma executiva de um banco de investimentos, tem 30 anos e é uma mulher totalmente “pé no chão” na carreira e na vida pessoal. Leva uma vida tranquila em Los Angeles, cidade que abriu as portas pra ela em sua profissão. Porém, Carla mantém vínculos fortes no Brasil, seu país natal. Muito machucada pelo amor, Carla usa a expressão “Deixo o amor e o romance para os filmes.” como regra em sua vida. 

Será possível que esse homem e essa mulher sejam mesmo tão parecidos?

Deixe um comentário