Você sabia que pouco se conhece sobre como foi escrito o famoso diário de Anne Frank? A corajosa e persistente menina resistiu à dura realidade de seus dias de confinamento, escrevendo em folhas soltas, desordenadas, com o que lhe caísse às mãos. 

E como Anne e os outros clandestinos se alimentavam? Como Anne recebeu os papéis para contar ao mundo sobre o horror da perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial? Este livro foi feito com os depoimentos de quem conviveu com Anne Frank, com os documentos da época. Aqui, o dia a dia de Anne é recuperado, sob os nossos olhos, como se estivéssemos vivendo junto e aprendendo, com a coragem e a esperança que ela nos ensina, a acreditar na construção de um mundo melhor.

Deixe um comentário