Em QUANDO EU ERA JOE, Ty presenciou um crime bárbaro e foi incluído no programa de proteção à testemunha. De uma hora para outra, ele e sua mãe, Nick, se viram obrigados a se mudar para um lugar distante, usando identidades falsas e vivendo uma vida que não era a deles.

Agora os dois moram muito longe da cena do crime, e a tranquilidade os faz pensar que os bandidos ficaram para trás. Um atentado sangrento, porém, dispara o alerta de que o perigo está mais próximo do que ele imagina. Ty e Nick perderam a fé até mesmo nos policiais.

Com um temperamento explosivo e o caráter ainda em formação, tomando mais decisões erradas do que certas, Ty sofre, também, por não conseguir se conectar com a sua antiga vida.
O ritmo de QUASE VERDADE é vertiginoso. Você não será capaz de largar este livro antes de chegar ao fim!

Deixe um comentário