Eu sempre observo a maneira como ele mantém um sorriso arrogante nos lábios, sendo o centro das atenções, em toda sua glória, absolutamente lindo. Eu posso ver como seus amigos o invejam, como sua reputação é importante. 

Eu fico imaginando como seria se soubessem que sua melhor amiga não é deste mundo de negócios, muito menos uma linda mulher influente e de classe. Como seria se eles soubessem que seu verdadeiro eu, é tão diferente daquele que ele insiste em mostrar? Mas neste mundo eu sei onde é meu lugar porque ele sempre deixou bem claro as limitações... O problema é que nem sempre a razão vence as emoções. 

Em meio a um mundo de aparências e capitalista, poderá o verdadeiro amor sobreviver?
Melissa e Ricardo estão à beira de descobrir qual o limite da tolerância. E você, até que ponto chegaria por amor

Deixe um comentário