Você é livre para fazer as suas escolhas, mas é prisioneiro das suas consequências." Pablo de Neruda.

Lexie foge há quatro anos das suas escolhas, de menina prodígio de Wall Street passa a ser apenas uma americana numa aldeia do norte de Portugal que vive contando as poucas pessoas que ela permite que entrem na sua vida, fugindo do passado e escondendo-se da sua natureza.
Está perto dos trinta, sem objectivos.
Vive os seus dias a passear com seu cão, a receber a visita de Susi e visitas sexuais do seu "amigo" David.

Gio não escolheu, A vida não lhe deu essa hipótese, simplesmente o brindou com uma doença degenerativa. De restaurador de arte e pintor promissor, passa a ser uma pessoa doente.
E achando ser a ultima oportunidade de sua carreira abandona Florença acompanhado pelo seu amigo de anos, Miguel , vem encontrar uma Lexie ermida, que o fascina e o desafia.
A caminhada de Lexie acontece com aquela mão quase invisível de Gio, que a faz perceber que o seu crescimento e sua aceitação dependem de ter almas iluminadas, como a dele, por perto, pois são nos erros e no sofrimento de quem a acompanha que aprende a conviver com os seus fantasmas e reaprende a viver.

Deixe um comentário