Dois passos. 
5 segundos. 
Um atropelamento. 
Com um galo na testa, a perna quebrada e o coração partido, Lara se vê obrigada a passar o fim de semana, que deveria ser perfeito, em uma cama de hospital, vendo todas as tentativas de salvar seu relacionamento com Rafael se esvaírem entre seus dedos. 

Entretanto, o fim de semana que parecia estar fadado ao fracasso revela-se um belo recomeço quando Guilherme, o cara que a atropelou, entra em sua vida e começa a mexer com seus sentimentos. 

Lara começa a descobrir que certas histórias terminam pela metade, mas que todo fim é a oportunidade de um recomeço. 
Algumas vezes pesadelos podem se tornar sonhos. 
Algumas vezes poucos segundos podem mudar tudo. 
Algumas vezes dois passos são o suficiente. 

Deixe um comentário