Diário extraordinário é um convite a encontrarmos o escritor que existe em cada um de nós – um caderno pautado e ilustrado, com frases inspiradoras e espaço de sobra para colocarmos no papel tudo o que vier à cabeça.

Assim como em 365 dias extraordinários, R. J. Palacio recorre a seus romances e contos anteriores para pinçar dos textos o melhor de cada personagem, e combina essas máximas com aforismos de grandes nomes do pensamento mundial, como Rousseau, Pascal e o Dalai Lama. Tudo isso com o intuito de oferecer inspiração para que o leitor encontre a própria voz, preenchendo as páginas com seus pensamentos, ideias, planos e recordações especiais.


Enquanto registra seus momentos no diário, talvez o novo escritor se depare com Charlotte lembrando-o de que “um sonho é como um desenho em sua mente que vai ganhando vida”, ou talvez Anne Frank lhe diga que “ninguém precisa esperar um momento específico para melhorar o mundo” e Julian lhe dê o empurrãozinho que faltava, argumentando que “nunca é tarde para recomeçar”. Porque, como diz Auggie, “todas as pessoas do mundo tinham que ser aplaudidas de pé pelo menos uma vez na vida”. O Diário extraordinário pode ser um primeiro passo em direção a isso.

Deixe um comentário