Não há muitas garotas de dezessete anos cuja melhor amiga é um fantasma, entretanto Mary Hades não é uma adolescente comum.
Marcada física e mentalmente por um incêndio, seus pais decidem que um descanso em um vilarejo idílico em North Yorkshire irá ajudá-la a se recuperar. Aninhada no meio de cinco pântanos, Mary espera ter uma semana entediante enfiada em um trailer com os pais. Mal sabe ela que a maldade está à espreita no acampamento...

Seth Lockwood – um trabalhador local, no parque de diversões, com um segredo obscuro – pode ser a chave para revelar a história sombria que tem arruinado Nettleby. Mas Mary é atraída a ele de uma forma que a faz questionar seu julgamento.
Com a ajuda da melhor amiga morta e um peculiar casal gay gótico, Mary deve dar um fim nas mortes extraordinárias ocorrendo em Nettleby. Mas será que ela consegue impedir seu coração de se partir?

O primeiro na série de romances sombrios da categoria Jovem Adulto, Mary Hades continua a história de Monstros à Luz do Dia. Um conto que mistura pavor e romance, ao mesmo tempo chocando e entretendo os leitores.
Com algumas cenas de terror e palavrões, este livro é mais indicado a leitores a partir dos quinze anos.

Deixe um comentário