Marcela é uma adolescente como muitas outras, mas se acha feia. Não meio feia, mas uma “feia total”, como ela própria diz. Porém, em vez de chorar pelos cantos ou sonhar acordada com formas de mudar seu rosto e corpo, Marcela está pronta para mostrar, em um trabalho da escola, que os feios são muito mais belos do que se pensa. E mais: que não têm nenhuma razão para se esconder ou ter vergonha de si mesmos.

Enquanto isso, Roberto (que, por sinal, é um gato) acha Marcela linda. Aliás, linda é pouco – praticamente uma deusa. Será que existe alguma chance de uma “feia total” e um dos “bonitinhos da escola” escreverem sua história de amor? Afinal, a vida não segue roteiros e nem tudo é o que parece ser... Não é mesmo?

Deixe um comentário