Prisioneira de uma sombria dimensão.
Possuidora de um dom e de uma maldição.
Determinada a encontrar seu caminho e sua identidade.

Fugir e sobreviver ou enfrentar seus fantasmas e acabar morrendo?

Se justamente a única pessoa que poderia lhe ajudar foi a responsável por reduzir seu coração em pedaços, em quem Nina poderia confiar agora que acaba de descobrir que a morte pode ter muitas faces?

Deixe um comentário