Em um tempo incerto, em algum lugar ao norte do mar Báltico, a pequena cidade de Ponto é governada por Tibo Krovic, o bom prefeito. Admirado por todos, capaz de se desdobrar em incontáveis funções, esse governante impecável só não consegue administrar seus sentimentos pela bela e infeliz Agathe Stopak. 

Entre avanços e adiamentos, impulsos e hesitações, erros, acertos e acontecimentos mágicos, esses dois personagens trilharão os caminhos tortuosos que podem nos conduzir ou nos afastar do amor e de quem na verdade somos. Narrada por Walpurnia, a santa barbuda padroeira do lugar, esta é uma fábula sobre escolhas numa terra longínqua, que poderia ser aqui e agora.

Um Comentário

  1. OLÁ ANGEL,

    Olá,

    Sou seu mais novo seguidor.

    Cheguei até aqui através de amigos comuns.

    E assim que me agenda literária permitir (rs) vou ler sem falta,pois já tinha ouvido falar.

    Foi muito bom ter encontrado seu blog ao qual voltarei sempre!

    Também, estou lhe convidando para conhecer alguns dos meus blogues cujas temáticas são humor, narrativas de vida e amor.

    Amor que transcende,enaltece, valoriza e encanta a vida de cada um de nós.


    Confira: e ficaria honrado com sua presença e quem sabe seguir-me:

    FALANDO SÉRIO.
    http://ptamburro.blogspot.com.br/

    FRAGMENTOS DO ACASO
    http://paulotamburrosexo.blogspot.com.br


    HUMOR EM TEXTOS
    http://paulotamburro.blogspot.com.br/


    Se quiser conhecer todos os meus blogs, basta clicar, no meu nome, neste comentário, lá em cima ao lado da chave que espero lhe abra todas as portas.

    Um abração carioca

    ResponderExcluir