O sumiço dos pais de dois adolescentes é o fio condutor de Hora morta, primeiro livro da série The Murder Notebooks, da britânica Anne Cassidy, cujas histórias fazem sucesso ao redor do mundo. Como num intrincado quebra-cabeça, a autora prende o leitor numa teia de suspense e conspirações, ação e romance da qual ele não conseguirá sair enquanto não encaixar a última peça. 

O livro tem todos os atributos de um suspense eletrizante, gênero que tem se destacado como nova aposta do segmento juvenil nas feiras e eventos internacionais do mercado editorial.

Deixe um comentário