A tranquila cidade de Freiburg é tomada por estranhos incidentes. No Hospital Universitário, mortes inexplicáveis acontecem, e um dos médicos é brutalmente assassinado. O filho de um renomado físico é raptado e o sequestrador exige a morte de um homem como resgate. 

Resta ao comissário de polícia Junko investigar a ligação de um homem acima de qualquer suspeita com esses trágicos eventos. Ao mesclar embates filosóficos e física quântica, Juli Zeh expõe os limites e as obsessões humanas e discute a própria noção de realidade.

Deixe um comentário