Marie-France Hirigoyen é hoje umas das psiquiatras mais reconhecidas no mundo nas áreas de ética médica e de ética organizacional. Seus livros já foram traduzidos para 24 idiomas e totalizam mais de 500 mil cópias vendidas no planeta. 

A autora questiona o conceito de consentimento, os muitos desvios de comportamento possíveis e a condição irreversível de vítima. Pela Bertrand Brasil, publicou Assédio moral: a violência perversa no cotidiano, Mal-estar no trabalho e A violência no casal.

Deixe um comentário