Pode alguém enxergar através dos olhos de outra pessoa? A família Parker já estava cansada de morar em uma cidade cheia de problemas comuns às grandes metrópoles, principalmente com a crescente onda de violência que deixava a todos inseguros. 

Depois de alguns sustos, um episódio terrível quase marcou permanentemente as suas vidas, fazendo com que resolvessem mudar de país, achando na pequena Englewood - próxima à cidade de Nova York - um lugar tranquilo para viverem. Encantaram-se com uma bela casa típica do famoso sonho americano; dentro, uma misteriosa cristaleira os fascinava, deixando o patriarca Will Parker assustado e, ao mesmo tempo, curioso com os fenômenos paranormais que aconteciam no local, especialmente em noites de lua cheia. 

Paralelamente, na região de Nova Jersey, ocorriam raptos de crianças que deixavam, não só a população apavorada, mas a polícia sem pistas e as autoridades, desacreditadas. Começa então uma estreita e estranha relação entre os raptos e a casa da cristaleira, principalmente com Will, que passa a ver e ouvir coisas sobrenaturais e se vê envolvido nessa trama de uma maneira sem precedentes, talvez até demais para os olhos da polícia e da justiça, que vivem o dilema de prender um inocente ou soltar um culpado.

Deixe um comentário