Londres, 1910. Belle, de 15 anos, viveu em um bordel em Seven Dials por toda sua vida, sem saber o que acontecia nos quartos do andar de cima. Mas sua inocência é estilhaçada quando vê o assassinato de uma das garotas e, depois, pega das ruas pelo assassino para ser vendida em Paris. 

Sem poder ser dona de seu próprio destino, Belle é forçada a cruzar o mundo até a sensual Nova Orleans onde ela atinge a maioridade e aprende a aproveitar a vida como cortesã. A saudade de casa — e o conhecimento de que seu status como garota de ouro não durará muito — a leva a sair de sua gaiola de ouro. 

Mas Belle percebe que escapar é mais difícil do que imaginou, pois sua vida inclui homens desesperados que imploram por sua atenção. Espirituosa e cheia de desenvoltura, ela tem uma longa e perigosa jornada pela frente. A coragem será suficiente para sustentá-la? Ela poderá voltar para sua família e amigos e encontrar uma chance para a felicidade? 
Nada na vida de Belle tinha sido tão terrível quanto atravessar Londres sendo prisioneira daqueles homens. Ela podia ouvir seu coração bater, estava banhada em suor frio e seu estômago estava se agitando assustadoramente como se ela tivesse doente. Nem o jeito como se sentiu quando viu o que o homem estava fazendo com Mille não era tão ruim como agora. Porém uma vozinha dentro dela dizia que não devia fazer ou dizer nada que fizesse os homens ficarem mais irritados com ela. Ela tinha visto do que Kent era capaz quando realmente estava com raiva.” 

-----------------
“Você deve ser uma prostituta, Você vive num bordel.”
“Se eu morasse em um palácio não seria obrigatoriamente uma rainha.”
 
-----------------
“Mas a expressão do homem era realmente assustadora. Ele olhava para Belle como se não se alimentasse há semanas e ela fosse um bife apetitoso para o jantar. Seus olhos brilhavam, ele tinha suor na testa e estava lambendo os lábios. Madame acabou de falar e puxou Belle para perto do homem, e então ele a empurrou na cama.Com uma ultima observação que Belle sentiu que significava: Ela é toda sua agora. Madame saiu, fechando a porta atrás dela.”



2 Comentários

  1. Parece ser bom,parabpens pelo blog..adorei..
    biejos!*-*!
    http://blog-everygirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. *-* Gostei. Parece mesmo ser bom, uma proposta interessante de livro. Acho que posso colocá-lo na minha lista de desejos =D

    http://duddmart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir