Tem muito tempo desde que Auden dormia a noite. Desde a separação dos seus pais — ou desde que as brigas começaram. Agora ela tem a chance de passar um verão livre, com seu pai e sua nova família na charmosa cidade praiana onde eles vivem.

Um emprego numa boutique de roupas apresenta Auden ao mundo das garotas: suas conversas, suas amizades, suas paixões. Ela sentiu falta de tudo isso, muito ocupada em ser a filha perfeita da sua mãe controladora.

 Então ela conhece Eli, um solitário intrigante e um companheiro insone que se torna seu guia para o mundo noturno da cidade. Juntos eles embarcam numa busca paralela: para Auden, experimentar a vida adolescente desimpedida que lhe tem sido negada; para Eli, se entender com a culpa que ele sente pela morte de um amigo.
   “Ele se surpreendeu, abrindo a boca para responder, mas antes disso, eu estendi a mão e peguei a dele, e o puxei mais perto de mim. Então fiquei na ponta dos pés e e levei meus lábios aos dele. O beijo foi lento e doce, e enquanto acontecia, tive de novo aquela imagem de nós tão pequenos, em pé no meio de Colby, sob seu único farol, enquanto toda a cidade e o mundo giravam ao nosso redor. E nesse momento, mesmo se fosse apenas nesse momento, estávamos exatamente onde deveríamos estar.”

Deixe um comentário