Era uma vez, eu era uma menininha que desapareceu.
Era uma vez, o meu nome não era Alice.

Era uma vez, eu não sabia como tinha sorte.

Quando Alice tinha dez anos, Ray levou-a de sua família, seus amigos ― a sua vida.

Ela aprendeu a desistir de todo o poder, para suportar toda a dor. Ela esperou que o pesadelo acabasse. Alice agora tem quinze e Ray ainda a tem, mas ele fala mais e mais da sua morte.

Ele não sabe é o que ela anseia.

Ela não sabe que ele tem algo mais assustador do que a morte em mente para ela. Esta é a história de Alice. É uma que você nunca ouviu falar, e que você nunca, jamais esquecerá.

"Sei o que dizem os contos de fadas, mas estão mentindo.
Contos são exatamente isso, sabe. Mentiras"


"Comece a se desculpar agora, ele diz, e empurra minha cabeça em seu colo. Enfia os dedos com força em meu ombro.
Odeio o Ray. O pensamento surge como a dor e fica latejando, gritando. Odeio, odeio, odeio.
Tinha me esquecido de quanto doem os sentimentos."


Um Comentário

  1. sinopse maravilhosa não vejo a hora de ler e diferente de todos os livros que já li.

    ResponderExcluir